sexta-feira, 30 de junho de 2017

Sexta-feira e nada para vestir? #1

Falo por mim, que quando tenho algum jantar de aniversário ou apenas uma saída com as amigas, nunca sei aquilo que vestir. Porque é que se torna tão complicado escolher o outfit para a noite, se escolhemos tão bem o que utilizar durante o dia? Espero não ser a única a pensar assim (ahahah).

Confesso que, quando me encontro perante esta situação, recorro muito a galerias de imagens como o Pinterest ou o We heart it, que me ajuda imenso a ganhar inspiração e conseguir conjugar as peças que tenho aqui por casa. Neste sentido, decidi criar esta rubrica, na qual quero mostrar-vos alguns dos conjuntos que podemos utilizar para uma saída. O porquê do nome? Porque, pelo menos no meu círculo de amigos, as saídas e jantares acontecem com mais frequência às sextas-feiras. Acontece-vos o mesmo? Deixo-vos, então, a inspiração desta semana.



São várias as vezes que esta rapariga decide aparecer no meu feed do pinterest. Alegadamente, ela estaria a utilizar este conjunto durante o dia, no entanto, achei que seria perfeito para estas noites de verão que se avizinham. 
Este casaco grita festa e diversão, só ele constrói o look sozinho. Os calções de ganga e a t-shirt branca, também, nunca desiludem, fica super giro quando já começamos a ter aquela corzinha de verão. Tudo isto combinado com um belo de um stiletto (para as mais corajosas) e uns tantos acessórios, acho que fica um máximo e estamos prontas para arrasar, não concordam?

Hoje será dia de ficar por casa, mas e vocês, já têm planos para esta noite? Contem-me tudo.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Amar Lisboa ♥

Estou de férias desde segunda-feira e S.Pedro não está a querer colaborar comigo...os meus planos de ir (quase) todos os dias à praia, não está a ser bem sucedido, apesar da minha mãe dizer que 25º graus já é uma boa temperatura, eu cá sou muito friorenta e só de 30º para cima. Foi a pensar na reconstrução dos meus planos, para estas duas semanas, que decidi trazer-vos este post.

Amo Lisboa! Lisboa, a cidade dos navegadores e das sete colinas, cidade do fado e dos pastéis de belém.. mas não é só disto que é feita. Para mim, a mais bonita cidade do país e talvez do mundo (não que conheça muitas outras), tem tanto para conhecer, tantos espaços para visitar e tantas ruas para percorrer. Se está nos vossos planos (se não está, vai passar a estar) visitar Lisboa, deixo-vos algumas das tantas coisas que por aqui podem fazer.

Fotos retiradas do site da Câmara Municipal de Lisboa e do Pinterest


Elétrico 28
O famoso elétrico que faz o percurso entre o Martim Moniz e o Cemitério dos Prazeres, em Campo de Ourique. Este transporte amarelo que circula sobre carris, é bastante procurado por quem quer conhecer as ruas de Lisboa, de uma maneira diferente, O preço do bilhete adquirido a bordo é de 2.85€. O único ponto negativo é o facto de estar sempre cheio de turistas e, por vezes, carteiristas (com quem temos de ter bastante cuidado).

Miradouros
Sendo Lisboa conhecida pelas suas sete colinas, seria impensável não falarmos dos seus miradouros, que nos deixam vislumbrar a cidade de um ponto de vista memorável. Apesar de serem imensos, espalhados pela cidade, o meu miradouro de eleição será sempre o Miradouro de Santa Luzia.
Encontramos este miradouro no percurso entre a Sé e o Castelo de São Jorge. Um lugar que nos oferece uma vista privilegiada sobre Alfama e o Tejo, decorado com azulejos tipicamente portugueses e com um belo jardim.

Os bairros
Não nos podemos esquecer dos típicos bairros lisboetas. Sejam eles o Bairro Alto, a Mouraria ou até mesmo Alfama. São nestes bairros que encontramos as raízes alfacinhas, a verdadeira gente desta terra, que viram os seus recantos serem invadidos por turistas e que, mesmo assim, não perderam a sua amabilidade. A noite lisboeta é passada no Bairro Alto, onde as portas se abrem para receber a boa disposição de quem quer passar um bom bocado.

Lugares com história
Lisboa é uma cidade cheia de história e, são vários os lugares que nos levam a viajar para os nossos antepassados. Vocês sabiam que existem umas ruínas, debaixo do solo, em plena Rua dos Correeiros? É verdade, chama-se Núcleo Arqueológico da Rua dos Coreeiros e é de entrada gratuita. Outro lugar que não podem deixar de visitar é o Castelo de São Jorge, onde encontramos torres, canhões, fossos, guaridas e, mais uma vez, uma bela vista sobre a cidade e o tejo. O preço do bilhete é de 8.50€. 

Belém
Se gostas de história, não podes deixar de visitar Belém - o bairro histórico dos descobridores. Aqui, podemos vislumbrar o Padrão dos Descobrimentos, a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerónimos. Outros locais a visitar, são os museus que por aqui encontramos - o Museu dos Coches, o MAAT, o Museu Berardo e tantos outros. Ah, também é importante passar na Antiga Confeitaria de Belém e deliciarmo-nos com os famosos pastéis de belém. 

Fotos retiradas do site da Câmara Municipal de Lisboa e do Pinterest

Existem muitas mais coisas e lugares para visitar, tais como: um passeio pela Avenida da Liberdade, com passagem pelo Parque Eduardo VII e pela Estufa Fria; uma ida ao Parque das Nações com visita ao Oceanário e um passeio no Teleférico; se estiver melhor tempo que o de hoje, podem sempre ir até às praias da linha de Cascais; subir ao Chiado e refrescar-se "ao lado" de Fernando Pessoa, na esplanada da Brasileira...

Amo Lisboa. Os meus pais não podiam ter escolhido melhor cidade para viver. Aqui há tanto por descobrir, que por mais passeios que dê, podia passar dias e dias a percorrer as ruas encontraria sempre um novo sítio e mais história. Contem-me tudo..qual é a vossa cidade preferida e quais os pontos que me aconselham a visitar?

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Será que preciso?

Se perdi tudo, começo tudo de novo, não é? "Try, try, try again"

Os saldos começaram yeah! 
É nestas alturas que as pessoas correm desenfreadas para as lojas e compram tudo e mais alguma coisa, sem necessidade. Confesso que também já fui assim, mas desde que trabalho e tenho de gerir o meu próprio dinheiro, pondero cada vez mais onde devo investir. 
Fazer uma arrumação do guarda-roupa antes desta época é o ideal. É preciso fazer a separação das peças que usamos e daquelas que já não usamos, ou porque já não nos identificamos ou porque não se encontram em bom estado. No fim desta seleção conseguimos fazer uma lista daquilo que vamos precisar de adquirir. 
Mas eu sei, eu sei que nestas alturas queremos aproveitar para comprar aquelas peças que andámos a namorar durante todos os meses que antecedem a esta época. É por estas razões que vos venho mostrar algumas das peças que gostava de ter, mas será que preciso?


 
Vocês também andaram de olho em algo, mas quiseram esperar pelos saldos? Contem-me tudo :)

terça-feira, 13 de junho de 2017

Bem-vindos de volta ❤

Finalmente decidi voltar, decidi que estava na altura de (re)começar a escrever aqui no blog. Ao ver que tinha perdido todo o conteúdo postado aqui no Freedom Girl, fiquei um pouco desmotivada... mas aqui estou eu para retomar este gosto pela partilha de conteúdos. 

Para quem só agora chegou, o meu nome é Patrícia e tenho 21 anos. Fiz nascer o Freedom Girl, em Setembro de 2016, mas em meados de Dezembro, devido a situações pessoais, tive de deixar este projeto um pouco de parte. Decidi voltar, porque ter um blog sempre foi algo que quis e com que me identifico. 

Nasci e fui criada em Lisboa, formei-me em Informação e Animação Turística. O porquê de moda e estilo de vida? Bem, todos sabem que Lisboa, sendo uma capital europeia, recebe todo o tipo de pessoas. Passear pelas ruas de Lisboa é conseguir observar toda uma panóplia de estilos, parecendo sempre que estamos em plena semana da moda. E se forem observando com mais atenção, apercebem-se que cada pessoa tem a sua rotina e os seus próprios gostos, o que é super giro de ser ver. 

No Freedom Girl, pretendo partilhar convosco o meu gosto pela moda, os lugares que frequento, algumas receitas e tudo o que venha a ser conveniente no momento. Quero seguir o meu coração, o meu instinto e ser eu própria.

Espero que gostem e deixem a vossa opinião